Como escolher e usar senhas com segurança

A senha bancária funciona como uma chave que abre a porta de acesso às suas contas. Permite a realização dos mais diversos tipos de transações e de negócios: saques, transferências, ordens de pagamento, quitação de contas, aplicações, empréstimos etc. Pode ser usada junto com o cartão, em equipamentos como os caixas automáticos e os terminais instalados no comércio, ou sem cartão, em computadores com Internet ou home banking.

Cuidados na escolha

Nunca escolha senhas que possam ser facilmente descobertas por terceiros (datas de nascimento, números de telefone, de documento de identidade, da residência, da placa do automóvel, palavras ou seqüências de números, letras ou teclas). Evite também o uso de palavras ou nomes de pessoas.

Cuidados no uso

Jamais revele sua senha a terceiros.

Ao digitar sua senha, mantenha o corpo próximo à máquina para evitar que outros possam vê-la ou descobrí-la pela movimentação dos dedos no teclado. As pessoas atrás de você devem respeitar as faixas de segurança.

Se alguém lhe telefonar dizendo-se funcionário do banco e pedir-lhe para dizer ou digitar sua senha, não o faça em hipótese alguma.

Cuidado ao utilizar telefones de terceiros, principalmente os celulares, para comunicar-se com o banco, pois sua senha poderá ficar registrada na memória do aparelho. Digite sua senha somente quando a ligação for de sua iniciativa e em aparelhos próprios ou de pessoas e empresas de sua absoluta confiança.

Troque suas senhas periodicamente. O procedimento é fácil. Se tiver dúvida, peça orientação a um funcionário do banco de sua confiança.